Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Com chuva de rosas, fiéis recebem relíquias de Santa Teresinha em Mimoso do Sul

Centenas de fiéis lotaram as ruas de Mimoso do Sul, no final da tarde desta segunda-feira, 08 de julho, para acompanhar a chegada das relíquias de Santa Teresinha do Menino Jesus. Vindos da Basílica de Sainte-Thérèse de Lisieux, na França, os ossos da religiosa estão pela segunda vez em solo capixaba — a primeira visita foi em 1998.

As relíquias chegaram na Diocese de Cachoeiro de Itapemirim no sábado, 06, às 10h50 e logo na chegada dezenas de fiéis recepcionaram a urna trazida do Carmelo de Nazareh, em Cariacica. Escoltada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), as relíquias foram transportadas por dois veículos do 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar da Safra até a Catedral de São Pedro, no Centro, onde centenas de devotos tiveram um contato próximo com o relicário. No mesmo dia, poucas horas depois, mais de 500 jovens vivenciaram profundos momentos devocionários com a urna durante a Jornada Regional da Juventude (JRJ).

Nesta segunda, após a Celebração Eucarística das 12h, o relicário saiu do Carmelo Descalço São José, em Soturno, sendo levado ao município de Muqui. No local, aconteceu uma breve solenidade de acolhida, o próximo destino foi a Paróquia São José, em Mimoso do Sul, após uma carreata de 17km, o relicário foi transportado, em procissão, da Praça Central à Igreja matriz.

A arca de madeira ornada com adereços dourados, dentro da qual estão ossos do pé e do fêmur da santa, foi recebida na Matriz ao badalar dos sinos às 18h06. Pesando 135 quilos, o relicário enclausurado em uma urna de acrílico foi conduzido até o interior da igreja.

Os fiéis emocionados se aglomeraram com celulares em mãos para registrar o entrada das relíquias. Santa Teresinha é conhecida pela sua promessa de derramar uma chuva de rosas após a sua morte. Enquanto o relicário era conduzido pelo corredor central da igreja, os fiéis promoveram uma chuva de rosas sobre a urna de vidro. A arca foi depositada no altar e os devotos tiveram alguns minutos para tocá-la e fazer suas orações antes do início da missa, às 19h. Após a celebração religiosa, o relicário voltou ao Carmelo São José, em Soturno. Os municípios de Muqui e Mimoso do Sul foram os únicos do sul do Espírito Santo a receberem a urna, além de Cachoeiro de Itapemirim – onde o Carmelo é sediado.

“Enquanto rezavam pela vinda (das relíquias) à Diocese de Cachoeiro, as irmãs Carmelitas sentiram o desejo de trazerem a urna aos dois municípios, já  que sofremos tanto com os impactos das chuvas de março deste ano (2024). Isso permitiu aos fiéis, tão fragilizados pelas inúmeras percas, esse contato próximo com a Santa que afirmou que passaria seu céu, fazendo o bem à Terra”, afirmou o pároco de Mimoso do Sul, padre Gracione Augusto Alves.

Fotos:



 

Compartilhar Post:

Autor:

Diocese Cachoeiro

Últimas notícias