Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Fiéis se despedem das Relíquias de Santa Teresinha, em Cachoeiro

Os últimos momentos das relíquias de Santa Teresinha do Menino Jesus no sul do Espírito Santo foram acompanhados por grande público durante a manhã desta terça-feira, 09 de julho. Em missa realizada no Carmelo Descalço São José, em Soturno, distrito de Cachoeiro de Itapemirim, os fiéis puderam ter o último contato com o relicário da Santa, onde estão resguardados o fêmur e os ossos do pé da jovem freira carmelita, canonizada no século XX. Mesmo muito cedo, às 06h, dezenas de devotos rezaram por suas preces e cantaram em memória de Teresinha. Entre estes estava Tereza Cristina Soares de Souza, 46, que herdou a devoção por Santa Teresinha da sua mãe. “É o desejo de Deus essa vinda de Santa Teresinha aqui no Carmelo, recebi orações, consegui ficar um momento muito grande com a Santa Teresinha no domingo (dia 07), tirei fotos próximas e assim, fiquei ainda mais abençoada. Eu sinto isso! Hoje, acordei às 04h30 e fiz questão de voltar ao Carmelo para me despedir da minha santinha”, conclui.

Ao longo da celebração presidida pelo Monsenhor Dalton Meneses Penedo e concelebrada pelos padres Enildo Genésio de Souza e Rogério Santos Bebber, foram relembrados alguns ideais de vida e missão da Santa, como a simplicidade, o valor das pequenas ações de fé e a chuva de rosas, ato praticado por ela ainda em vida.

A vinda do relicário à Diocese de Cachoeiro de Itapemirim foi motivada pelas celebrações dos 150 anos de nascimento da Santa, alcançados em 2023. Em festejo, a Basílica de Lisieux, na França, onde ficam guardadas as relíquias, enviaram o relicário para diversas Dioceses que possuem monjas carmelitas, congregação religiosa que Santa Teresinha pertenceu. Ao todo, 70 cidades brasileiras vão receber a visitação da Santa, que teve início em fevereiro deste ano.

Na Diocese de Cachoeiro, as relíquias chegaram no sábado, 06, às 10h50 e logo na sua recepção, dezenas de fiéis aguardavam pela urna na localidade de Safra, em Itapemirim. Escoltada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), as relíquias foram transportadas por dois veículos do 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar até a Catedral de São Pedro, no Centro, onde centenas de devotos tiveram um contato próximo com o relicário. No mesmo dia, poucas horas depois, mais de 500 jovens vivenciaram profundos momentos devocionais com a urna durante a Jornada Regional da Juventude (JRJ). No Carmelo Descalço São José, foram dez missas, uma vigília, uma vésperas e duas laudes vivenciadas ao longo de 4 dias. As relíquias também passaram pelos municípios de Mimoso do Sul e Muqui.

As relíquias chegaram às 10h16 na Diocese de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, onde permanecerá até o dia 12 de julho. A colhida aconteceu localidade de Arraiá, de lá, em carreada, os fiéis conduziram o relicário até a Paróquia Santuário Menino Jesus de Praga e Imaculada Conceição, em Travessão de Campos.

 

Fotos:

Fotos: Pedro Jorge Junior

Compartilhar Post:

Autor:

Diocese Cachoeiro

Últimas notícias