Notícias

30.06.2022

Vidas Negras

Pastoral Afro-Brasileira da Diocese de Cachoeiro promove seu 1º Encontro de Formação

Nos dias 25 e 26 de junho, em Jerônimo Monteiro, foi promovido o 1º Encontro de Formação da Pastoral Afro-brasileira da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim.

Com representantes de 17 paróquias, o encontro teve início na manhã de sábado e se estendeu até o domingo, trazendo discussões, debates e um importante diálogo acerca da cultura negra no seio da Igreja.

Participaram do encontro o bispo diocesano Dom Luiz Fernando Lisboa, e de presbíteros da Diocese, como Frei Clébson Rodrigues (assessor diocesano da pastoral), Pe. Rogério Bebber, Evaldo Ferreira (Vigário Episcopal para a Ação Social), José Carlos Ferreira (Vigário Episcopal para a Comunicação), além da participação do Pe. Ibrahim Muinde Musyoka, que assessorou o encontro.

 

Vidas Negras Importam

Recente na Diocese de Cachoeiro de Itapemirim, a Pastoral Afro tem por objetivo sensibilizar as comunidades de fé para a igreja como um todo, trazer ao conhecimento as questões pertinentes ao povo afro-brasileiro, animar os grupos negros católicos existentes e incentivar o surgimento de novos grupos que busquem sua identidade numa sociedade e Igreja plurais.

A Pastoral Afro-brasileira é norteada pelas seguintes propostas de atuação:

-Animar as comunidades, proporcionando a vivência e a continuidade da rica herança de experiência e reflexão pastoral nas comunidades negras afro-brasileiras;

-Aprofundar a inculturação, contribuindo, assim, para superação de preconceitos e discriminações, reconhecendo os valores religiosos da cultura africana;

-Despertar vocações, dentro da espiritualidade e mística afro-brasileira, por meio do diálogo inter-religioso;

-Empreender ações solidárias dentro dos objetivos da ação evangelizadora na sociedade, visando à superação das desigualdades, da exclusão social, da miséria e da violência contra o povo negro, por meio de políticas públicas que favoreçam a inclusão social e o reconhecimento dos direitos das populações afrodescendentes.

“Gratidão ao Frei Clébson e a toda comissão que organizaram tudo com muito carinho. Agradecimentos especiais aos assessores que dividiram conosco seus saberes: Zilma, Fabiana, Rosemberg Morais, Luciana Ciríaco, Padre Ibrahim Muinde. Gratidão à Equipe do Vicariato para Ação Social, ao Pe Evaldo, Penha, Jhoni, Diácono José Carlos e Júlio e também ao Padre José Carlos, da Comunicação, que se fizeram presentes ao nosso encontro”, agradeceu a Comissão Organizadora.

 

 

 

Mais Notícias