Notícias

00.00.

Conheça obra emblemática do acervo de artes da Diocese de Cachoeiro

Obra “Jubileu de 60 anos da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim” foi criada por Malavolti

A pintura "Jubileu de 60 anos da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim", do Castelense José Márcio Quaggioto Malavolti, mais conhecido como Malavolti, é uma das maiores e mais impressionantes obras de arte do acervo Diocesano. O quadro faz parte da coleção "Corpus Christi em Castelo", e foi confeccionado em 2018.


A obra, presenteada ao então Bispo Diocesano de Cachoeiro, Dom Dario Campos, foi exposto inicialmente para 50 mil pessoas na Festa de Corpus Christi de 2018, e trata-se de uma pintura em óleo sobre tela de cerca de 4 metros quadrados que ocupou o espaço central do quadro de número 13 no tapete. A pintura é considerada uma das imagens mais significativas da Catedral de São Pedro, chamada por muitos de “A vigia do padroeiro”. As cores predominantes são: amarelo, o purpura, branco, azul claro, azul sálvia e turquesa.


Trazendo a tona o pensamento de Albanize Maria de Oliveira Monteiro, graduada em Artes Plástica e mestre em Ciências das Religiões: Quando pensamos nas imagens mais icônicas da história da arte, nos vem a mente pinturas como 'Mona Lisa' de Da Vinci e 'O Nascimento de Vênus' de Botticelli e 'Les Demoiselles d'Avignon' de Picasso... Esta obra segue a mesma proposta - Uma figura icônica com técnicas contemporâneas, mas que retrata o sentimento de um coletivo do seu espaço e tempo. 


Malavolti é professor, arquiteto e restaurador de peças sacras, coordena o quadro de número 13 no tapete de Corpus Christi em Castelo há 18 anos. Desde 2004 é participante ativo e apaixonado pela festa, procura fazer de seus dons uma homenagem a Santíssima Eucaristia. 

O artista arca com todos os custos desta parte central da obra e depois a repassa a alguma instituição ou ambiente público. Apenas duas dessas obras permanecem em sua posse.


“Desde 2012, minhas obras para o Corpus Christi de Castelo são pintadas em óleo sobre tela, que após a passagem do Santíssimo, são doadas à instituições públicas, sociais, religiosas, educacionais... Acredito que elas se tornam um instrumento de fé e conhecimento”. Afirmou Malavolti. 

Atualmente a pintura "Jubileu de 60 anos da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim", está exposta no salão do Secretariado Diocesano, Cúria Diocesana, no Centro de Cachoeiro de Itapemirim.

 

DETALHES

 


 

 


 

 

 

 

Mais Notícias