Notícias

18.11.2022

Retrospectiva da Visita Ad Limina Apostolorum

Um mês do encontro do Papa Francisco com bispos do Espírito Santo


Há exatamente trinta dias, cinco bispos do Espírito Santo encontraram-se em audiência com o Papa Francisco, no Vaticano. A visita se estendeu por cerca de duas horas.

"Um momento rico de diálogo, de proximidade e até de humor. Com muita simplicidade, propôs um diálogo aberto, o que ajudou a tornar o momento ainda mais agradável", lembrou o Bispo Diocesano de Cachoeiro de Itapemirim, Dom Luiz Fernando Lisboa. 

O encontro com o Papa deveria ter acontecido em 2020, mas foi adiado devido à pandemia de Covid-19. A Visita Ad Limina, como foi chamada, é uma obrigação dos bispos que devem, a cada cinco anos, informar ao pontífice sobre os trabalhos conduzidos em suas Dioceses.

"Não é com um caráter de mostrar relatório ou algo burocrático, mas, sim, de forma dialogada", relembra Dom Luiz.

Entre os assuntos abordados na audiência, o andamento Pacto Educativo Global na América Latina, chamado do Papa para que todas as pessoas ao redor do globo – instituições, igrejas e governos – priorizem uma educação humanista e solidária como modo de transformar a sociedade. Outro foi a guerra entre a Rússia e a Ucrânia, na Europa, em que recordou que essa é apenas uma de tantas guerras que estão em curso no planeta.

A comitiva de bispos do Espírito Santo contou com as presenças de Dom Dario Campos, Arcebispo Metropolitano de Vitória, Dom Luiz Fernando Lisboa, Bispo da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim, Dom Paulo Bosi Dal’Bó, Bispo da Diocese de São Mateus, Dom Lauro Sérgio Versiani Barbosa, Bispo da Diocese de Colatina e Dom Andherson Franklin Lustoza de Souza, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Vitória.

 

 

Mais Notícias