Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Relíquias de Santa Teresinha passam por Cachoeiro e visita reúne multidão

O Carmelo Descalço São José, localizado em Vargem Grande de Soturno, distrito de Cachoeiro de Itapemirim recebeu, neste sábado, 06 de julho, durante a noite, as relíquias de Santa Teresinha do Menino Jesus. Às 10h50, logo na chegada, na Safra, dezenas de fiéis aguardaram para recepcionar a urna trazida da Basílica de Santa Teresa, em Lisieux, na França. Escoltada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), as relíquias foram transportadas por dois veículos do 3º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar até a Catedral de São Pedro, na região central, onde centenas de devotos aguardavam para ter um contato próximo com o relicário. A urna ficará na Diocese de Cachoeiro até terça-feira, 09.

“Nós precisamos compreender a mensagem de Teresinha”, afirmou. “Não nos apeguemos à Teresinha dos cosméticos: Santa das rosas, dos milagres… ela também é. Mas sua mensagem vai muito além. As rosas são lindas, não são?” Questionou o sacerdote. “Mas o que assegura a beleza das rosas, são seus espinhos que a protegem dos predadores. Teresinha também carrega, em sua mensagem, o espinho do sofrimento por amor”, afirmou o pároco da Paróquia Nossa Senhora da Penha de Alegre, padre Juliano Ribeiro Almeida, que presidiu a primeira das nove missas que ocorrerão no Carmelo São José, nos próximos dias.

Uma das centenas de pessoas que compareceram ao Carmelo foi Maria Tereza Augusta, costureira de casa de 63 anos. Ela revelou “muita emoção” na presença das relíquias. “Consegui tocar na urna com as relíquias. Estou realmente muito feliz e sem palavras com o que vi. Estar na presença de Santa Teresinha e nesse lugar abençoado (Carmelo São José) é muito especial”, explicou.

Além da celebração às relíquias, a Capela do Carmelo também serviu como um ambiente para união. Este foi o caso de Rita Lima Santana, dona de casa de 74 anos, que compareceu ao local com a filha, Antônia Darly Lima Santana, de 56 anos. Ambas têm uma relação de longa data com Santa Teresinha e também descreveram uma mistura de sentimentos.

“Santa Teresinha foi muito paciente. Eu só gostaria que as pessoas fossem um pouco mais pacientes como ela foi. Os milagres são de poucas vias, curtos, mas muito presentes nas nossas vidas. Hoje eu realmente vim para vê-la de pertinho. É como se eu estivesse olhando nos olhos dela. Estou muito feliz.”, afirmou a mãe.

“Cresci testemunhando essa relação de amor e devoção da minha mãe com ela (Santa Teresinha), e estar aqui e ver minha mãe tão emocionada e feliz, traduz tudo que desejo para todas as pessoas do mundo”, disse a filha.

Esta é a quarta vez que a urna com as relíquias de primeiro grau vêm ao Brasil. As outras foram em 1997, 1998 e 2022. Em 1998 as relíquia também passaram pela Diocese de Cachoeiro de Itapemirim. O relicário leva o fêmur e os ossos do pé de santa Teresinha foi uma doação de brasileiros ao Carmelo de Lisieux, na França. As relíquias expressam a dimensão missionária da santa, que tinha o desejo de percorrer a terra e anunciar Jesus Cristo.

Para celebrar o momento, uma série de atividades estão programadas no Carmelo São José. Confira, abaixo, a programação da peregrinação das relíquias na Diocese de Cachoeiro:

 

07 de julho (domingo)

  • 05h30: Laudes – Monjas Carmelitas
  • 07h00: Santa Missa – Pe. João Batista Maroni
  • 09h00: Santa Missa – Adilson Santana do Carmo, CP
  • 11h00: Santa Missa – Cristian Vieira Batista
  • 15h00: Santa Missa – Pe. Carlos R. Carvalho
  • 17h00: Vésperas – Monjas Carmelitas
  • 18h00: Santa Missa – Frei Cleber Abel dos Santos, OFM.Cap

 

08 de julho (segunda-feira)

  • 05h30: Laudes – Monjas Carmelitas
  • 07h00: Santa Missa – Frades Agostinianos Recoletos – Cachoeiro
  • 09h30: Momento de Oração – Com. Santa Teresinha
  • 11h00: Santa Missa – Frei Milton Gonçalves Rocha, CFP

Após a Santa Missa, as Relíquias seguirão para Mimoso Sul, município do Espírito Santo mais atingido pela chuva de março.

 

09 de julho (Terça-feira)

  • 06h00: Santa Missa – Pe. Enildo Genésio de Souza

Após a Santa Missa, as Relíquias seguirão para Diocese de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro.  

 

Compartilhar Post:

Autor:

Diocese Cachoeiro

Últimas notícias