Notícias

23.11.2022

Dom Luiz Fernando Lisboa detalha experiência no 18º Congresso Eucarístico Nacional

O Bispo Diocesano comenta legado do 18º Congresso Eucarístico Nacional

Há poucos dias, o nosso Bispo Dom Luiz Fernando Lisboa participou do 18º Congresso Eucarístico Nacional, que ocorreu nas cidades de Olinda e Recife. Foi a segunda vez que o Congresso ocorreu neste local, sendo que a 1ª se deu em 1939, portanto, há mais de 83 anos.


Os religiosos que participaram do Congresso se distribuíram entre hotéis, paróquias e casas de família. Dom Luiz optou por ficar na casa de uma família no município de Jaboatão de Guararapes, próximo ao aeroporto. O lar onde foi acolhido era composto pelo casal Maria Lúcia e Alexandre, que possuem 03 filhos e a mãe dela que reside na mesma casa. Foi uma experiência muito positiva, pois o bispo foi muito bem acolhido e sentiu-se parte da família que, por sua vez, tem uma vida muito ativa na comunidade católica onde moram. Algo que chamou a atenção do Dom Luiz foi o costume que a família acolhedora tem de, diariamente, às 06h00, todos (pais e filhos) orarem e, em seguida, depois da partilha do Evangelho do dia, tomarem café juntos.

Família acolhedora de Dom Luiz Fernando Lisboa



Esse Congresso foi muito rico, pois foi uma oportunidade espetacular para que, os que lá estiveram, refletissem sobre a Eucaristia em todas as suas implicações. Essa reflexão, por certo, será levada a todos os cantos do Brasil e serão replicadas pelos representantes que lá tiveram a oportunidade de estar.


Embora nós católicos já tenhamos esse entendimento, no Congresso, foi possível internalizar a importância da Eucaristia, bem como foi possibilitado, aos que lá estiveram, ampliar a responsabilidade e importância do ato de comungar.

 

Todos que participaram do Congresso Eucarístico receberam, logo, no começo, um texto base sobre a Eucaristia, com cerca de 140 páginas, que direcionava o conteúdo que, no decorrer do evento, foi tratado e é um texto importante para estudo sobre a Eucaristia a ser repassado para nossas comunidades.

 

O Congresso contou com grande variedade de pessoas: bispos, que foram direcionados para as paróquias da Arquidiocese, nas quais, deram catequeses sobre a Eucaristia, celebraram e deram a Primeira Eucaristia para centenas de crianças, jovens e adultos em todas as paróquias.

 

A paróquia que nosso bispo, Dom Luiz, ficou instalado foi a Cristo Rei, da Cohab, localizada em município próximo de Olinda. Nela, teve a oportunidade de dar a 1ª Eucaristia para 20 crianças entre 11 e 13 anos e, todas, demonstraram estar muito bem preparadas para a nova etapa da sua vida religiosa.

1ª Eucaristia na Paróquia Cristo Rei



Durante o Congresso Eucarístico, aconteceu ainda um Simpósio Teológico, que durou 03 dias, com importantes Conferências sobre a Eucaristia, foram eles, em síntese:


1º dia: Eucaristia e o Mistério Pascal: Aspectos históricos e sistemáticos (Conferencista Dom Armando Bucciol, bispo de Livramento de Nossa Senhora / Bahia);


2º dia: Eucaristia e Pluralidade Cultural: desafios teológicos e pastorais (Conferencista: Dom Sérgio da Rocha, Cardeal Arcebispo Primaz de São Salvador / Bahia


3º dia: Eucaristia Alimento para a Missão (Conferencista: Dom Wlamor Oliveira de Azevedo (Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte e Presidente da CNBB).

 

No curso do Congresso houve apresentação de grupos locais e não pode faltar o Maracatú, que é uma manifestação do folclore brasileiro, presente em Pernambuco, que envolve dança e música.

Maracatú

 

Um dos pontos altos do Congresso foi a inauguração da Casa do Pão, onde moradores de rua poderão tomar banho e se alimentar, inclusive nela, que nasceu da união do ente público e instituições privadas, coordenada pela Arquidiocese, possui uma padaria que, literalmente, fabrica pães para doação.
Nesse dia da inauguração da casa do pão, que foi na terça-feira, foi dado café da manhã para cerca de 3.000 pessoas, em situação de rua.

Inauguração da Casa do Pão

 

Dom Luiz também visitou a Igreja da Sé, ou Igreja de São Salvador do Mundo, como é mais conhecida. Localizada no Largo da Sé, no seu interior está localizado o túmulo do ex-arcebispo de Olinda e Recife, Dom Hélder Câmara, um dos fundadores da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e grande defensor dos direitos humanos durante a ditadura militar no Brasil.

Túmulo de Dom Hélder Câmara

 

A celebração final, do encerramento do Congresso, ocorreu na última 3ª feira, às 16h00, e foi celebrada no Marco Zero de Recife, e contou com milhares de pessoas. Em seguida houve a procissão com o Santíssimo Sacramento que marcou o encerramento do Congresso.

Missa de Encerramento do 18º Congresso Eucarístico Nacional 

 

 

 

Mais Notícias